Treinamento corporativo
cultura-de-aprendizagem

Para começar a compreender o que é cultura de aprendizagem, o que acha de relembrar o conceito de cultura? De acordo com o dicionário Michaelis, cultura é o conjunto de conhecimentos, costumes, padrões de comportamento, adquiridos e transmitidos socialmente, que caracterizam um grupo social. 

Desse modo, cultura de aprendizagem, no ambiente corporativo, pode ser definida como o conjunto de processos, padrões de comportamentos, valores, ações que caracterizam uma organização pelo foco no desenvolvimento de pessoas, por meio da promoção do compartilhamento de conhecimentos, boas práticas e experiências entre seus profissionais.

De acordo com Senge (2010), autor do livro A quinta disciplina, as organizações só aprendem por meio de indivíduos que aprendem e só terão sucesso se cultivarem nas pessoas o comprometimento e a capacidade de aprender em todos os níveis. 

Portanto, as organizações que fomentam a cultura de aprendizagem, consideram as demandas e os propósitos de cada pessoa que, ao se desenvolver, também estimula o desenvolvimento e o crescimento da organização.

Caminhos para criar uma cultura de aprendizagem

Agora que você já sabe a importância da cultura de aprendizagem para as pessoas e para a organização, vamos conhecer quatro caminhos para promovê-la, relacionados pelos autores Tomas Chamorro-Premuzic e Josh Bersin, em artigo publicado no Harvard Business Review. São eles:

  • Recompensar a aprendizagem contínua, estimulando a curiosidade, o pensamento crítico e a possibilidade de questionar e argumentar entre todos os profissionais, reforçando e recompensando comportamentos de aprendizagem positivos.
  • Dar feedback construtivo e significativo para as pessoas do time, destacando o que precisa ser melhorado.
  • Liderar pelo exemplo, com líderes que demonstram sua própria curiosidade e interesse pelo aprendizado.
  • Contratar pessoas curiosas e com alta capacidade de aprendizagem.

Resultados observáveis em empresas que fomentam cultura de aprendizagem

Percebeu como pensar a Educação Corporativa da sua organização tendo como horizonte a cultura de aprendizagem é um investimento em desenvolvimento contínuo e duradouro

Ter esse paradigma como a abordagem que estrutura as ações de T&D possibilita, ainda, tanto resultados mais imediatos – que podem ser observados na retenção de conhecimentos e aplicabilidade cotidiana das informações trabalhadas nos treinamentos e capacitações – como, também, resultados ampliados e observáveis a longo prazo.

Veja só alguns dos benefícios providenciados pela cultura de aprendizagem:

Retenção de talentos

A cultura de aprendizagem fomenta não só a captação de novos talentos alinhados aos valores e cultura da organização, mas também a retenção destes profissionais. 

As empresas que investem no desenvolvimento amplo e contínuo de seu quadro profissional contam com colaboradores mais motivados e que percebem a valorização de seu trabalho.

Os times tornam-se mais engajados, colaborativos e comprometidos em buscar soluções inovadoras para suas entregas. 

Desempenho e produtividade

E, por falar em motivação e engajamento, profissionais que são constantemente instigados a se desenvolver trabalham de forma mais produtiva e com foco em seu desempenho. 

Os colaboradores percebem a empresa como uma instituição dedicada em capacitá-los e conseguem, assim, vislumbrar um plano de carreira e crescimento. Todos esses fatores tendem a melhorar, ainda mais, a performance das equipes.

Desenvolvimento e gestão dos conhecimentos

Junto da retenção de talentos e de times engajados e motivados, temos o desenvolvimento dos conhecimentos adquiridos pelos colaboradores, que é mantido, ampliado e administrado na organização. 

Todos os aprendizados, conceitos e informações disseminados a partir das diversas ações que a cultura de aprendizagem oportuniza, ficam na instituição e passam a ser compartilhados entre os profissionais. 

Ou seja, o que foi investido em aprendizagem, retorna para a empresa, que poderá economizar em processos seletivos, em treinamentos monótonos e pouco instigantes e, ainda, disporá de equipes altamente qualificadas e criativas.

Conclusão

Como você deve ter notado, a promoção de uma cultura de aprendizagem é um desafio que envolve muitas transformações na forma como as organizações percebem as ações de educação corporativa, as pessoas e os processos de trabalho, assim como na forma como mensuram os resultados de desempenho e de negócio.

Porém, considerando que estamos vivendo um período de mudanças rápidas e constantes em todos os segmentos (tecnológico, social, político e econômico), a cultura de aprendizagem tem se tornado fundamental a qualquer organização que queira sobreviver no mercado. 

Entre as dez competências do profissional do futuro para 2022, levantadas pelo relatório Fórum Econômico Mundial,  estão aprendizado ativo e estratégias de aprendizado; criatividade, originalidade e iniciativa; pensamento crítico e analítico; resolução de problemas complexos; e inteligência emocional. 

Grande parte dessas competências não é desenvolvida na escola, cabendo a cada um buscar essas e outras competências. Agora, imagine se a sua organização se transformasse em um ambiente que te estimula e apoia a aprender sempre?

Sobre o autor

Clarissa Melo

Marketeira e publicitária apaixonada por experiências, comunicação e humor desde sempre. Ah, e também sou louca por animais e com um estilo musical no mínimo, polêmico.

O que achou? Comente aqui :)

Comentário enviado para moderação!

Erro ao enviar a mensagem, tente novamente!

Se você gostou deste, pode gostar também...

treinamento-de-cultura Aprenda a mapear a cultura da sua empresa – Treinamento
treinamento-comunicacao Canais de comunicação e treinamentos para melhorar a cultura organizacional
cultura-da-empresa Como treinamentos fortalecem a cultura da sua empresa?