Treinamento corporativo
cultura-da-empresa

A cultura de uma empresa pode parecer algo impalpável e subjetivo à primeira vista. Mas basta um olhar mais aprofundado para perceber que ela se manifesta o tempo todo dentro das organizações, estando representada nos valores e crenças e na maneira como os colaboradores agem, tomam decisões e enfrentam desafios.

É a cultura organizacional o que irá definir como as pessoas se relacionam e quais os comportamentos compartilhados entre o grupo, além de ser uma forma de garantir que todos estejam em sintonia com os objetivos da empresa. Neste sentido, os treinamentos aplicados na sua organização precisam estar de acordo com a cultura. Neste post vamos mostrar como eles também podem ajudar como uma ferramenta para fortalecê-la.

cultura-da-empresa-2

Por que é importante fortalecer a cultura da empresa?

Antes das dicas práticas sobre treinamentos e cultura, precisamos falar da importância de fortalecê-la. A cultura organizacional existe antes de ser pensada pela empresa, pois ela é traduzida na ação das pessoas que compõem a organização. Por isso, antes de pensar em trabalhá-la é preciso mapeá-la através de pesquisas ou entrevistas.

Depois de mapear a cultura da empresa, fortalecê-la traz inúmeras vantagens, tanto para os colaboradores, que trabalham mais satisfeitos e têm uma melhora na sua qualidade de vida e nos níveis de estresse, quanto para a empresa, que tem pessoas mais engajadas, produtivas e empenhadas em trazer resultados.

cultura-da-empresa-1

Trabalho de cultura organizacional: por onde começar?

Treinamentos são uma boa oportunidade de alinhar os colaboradores com as premissas da empresa, pois no momento do treinamento você irá ensiná-los e instruí-los sobre algo. Porém a efetividade do seu treinamento não será a mesma sem um fator chave: comunicação interna.

A comunicação é essencial não só na hora de realizar um treinamento. Ela precisa ser eficiente na empresa para que as informações que circulam estejam ao alcance de todos, além de ser uma forte aliada da cultura organizacional.

Imagine que você precisa divulgar a nova missão ou valores da empresa – que tem a ver com a cultura – ou um treinamento prático sobre um novo serviço ou outro tema? Essas duas situações são diferentes, mas sem uma comunicação interna que funcione ambas não atingirão os colaboradores totalmente e podem fracassar, tendo baixa adesão.

Por isso, quando pensar em alternativas para trabalhar a cultura da sua empresa, além de treinamentos, tenha em mente que a comunicação com colaboradores também é um fator decisivo para o sucesso das iniciativas.

cultura-da-empresa-1

Utilizando treinamentos para fortalecer a cultura

Se a sua empresa tem uma comunicação fluída e já adota a prática de treinamentos – ou está pensando em adotá-la – saiba que eles são uma grande oportunidade de reforçar os princípios da empresa e fortalecer a cultura organizacional, se forem bem estruturados.

Independente se o seu treinamento for presencial ou online, ele é uma ocasião onde os colaboradores irão deter 100% da sua atenção para aprender algo novo. Por isso, também podem ser o momento de reforçar missão, visão e valores da organização junto às pessoas. Para aproveitar ao máximo um treinamento e reforçar sua cultura por meio dele, esteja atento aos seguintes pontos:

  • O conteúdo e o formato do seu treinamento já ditam alguns pontos relacionados à cultura. Por isso, sempre pense no formato mais aderente e mais atrativo para os colaboradores. Um modelo de treinamento desalinhado da cultura dificilmente terá algum engajamento e resultado.
  • No momento do treinamento a empresa já está orientando e direcionando o comportamento dos colaboradores, por isso, tenha o cuidado de, durante o treinamento, não interpretar ou incentivar comportamentos que não estão alinhados com a cultura.
  • Ao estruturar o treinamento, pense se cada ponto faz sentido dentro das premissas da cultura da empresa. Ao refletir sobre um tópico que será abordado no treinamento pense qual será o impacto dele na cultura quando as pessoas o colocarem em prática.
  • Dentro do tema do treinamento, os pontos à serem desenvolvidos precisam estar de acordo com o que é esperado da prática do colaborador.
  • A linguagem do seu treinamento e a apresentação visual são importantes. Se a cultura da sua empresa é mais informal e os treinamentos tiverem uma apresentação muito formal, ou vice-versa, haverá um choque.

Além disso, criar um treinamento sobre a própria cultura da empresa é válido para deixá-la cada vez mais evidente no dia a dia dos colaboradores. Você pode pensá-lo em formatos mais dinâmicos com gamification ou interatividade (que tal um “quiz” de valores?) para que colaboradores novos respondam e assim conheçam melhor a cultura do seu novo local de trabalho, por exemplo.

Para concluir, percebemos o quanto comunicação e treinamentos devem andar juntos, estando sempre alinhados para além de cumprirem suas funções de informar (no caso da comunicação) e de ensinar (no caso dos treinamentos) ambos serem formas de preservar, fortalecer ainda mais a cultura da sua empresa.

*Este artigo foi escrito por Cassiane Vilvert, da SocialBase.

Curso Gratuito | Como implementar treinamento EaD na sua empresa

Um guia para por em prática seu projeto de treinamentos online.

Sobre o autor

Cassiane Vilver

Analista de Conteúdo na SocialBase. Jornalista, Social Media e curiosa. Entusiasta de inovação e cultura digital. Apaixonada por fotografia e viagens. <3 :)

O que achou? Comente aqui :)

Comentário enviado para moderação!

Erro ao enviar a mensagem, tente novamente!

Se você gostou deste, pode gostar também...

Como a Curva do Esquecimento influencia treinamento e desenvolvimento
[Infográfico] Como as pessoas aprendem?
[Infográfico] Características de uma Cultura de Aprendizagem