Treinamento corporativo
metodo-70-20-10

Você já parou para pensar nos motivos que levam os colaboradores a permanecerem em uma empresa? Os cientistas de dados do Great Place to Work (GPTW) fizeram essa análise! 

Na pesquisa de 2020, que classificou as 150 Melhores Empresas para Trabalhar no Brasil, foi constatado que a maior parte dos colaboradores (46%) dessas melhores empresas entende que o principal fator de permanência é ter oportunidades de desenvolvimentoO desenvolvimento das pessoas já não é mais baseado apenas em treinamentos e estudos.

Para que um colaborador amplie seu conhecimento, precisamos adotar algumas estratégias de aprendizagem, como o método 70:20:10. Essa ferramenta ajuda a reter colaboradores e possibilita ações formais de aprendizagem através da socialização com pares e mentores e da aplicação prática do conhecimento. Vamos ver como?

O método de aprendizagem 70:20:10

Na década de 1990, os pesquisadores Morgan McCall, Robert Eichinger e Michael Lombardo, do Center for Creative Leadership, apresentaram o método 70:20:10. Esse estudo que comprova que combinar diferentes estratégias de ensino ajuda a criar um ambiente propício à transferência de conhecimento, motivando as pessoas a aprenderem cada vez mais.

Esse método une a prática e a teoria e pode ser aplicado em treinamentos corporativos de empresas de qualquer porte. O 70:20:10 define a porcentagem de tempo que deve ser investido em cada formato de ação de aprendizagem, dividindo-o da seguinte forma:

  • 10% do tempo deve ser investido em aprendizagem formal, que é desenvolvida por meio de treinamentos, palestras, livros e outras formas de capacitação.
  • 20% do tempo deve ser investido em aprendizagem por meio de interação com colegas, de observação do dia a dia e do compartilhamento de conhecimento entre diferentes colaboradores, o que chamamos de social learning.
  • 70% do tempo deve ser investido em aprendizagem na prática, com o colaborador realizando suas funções dentro da empresa, experimentando e refletindo sobre essa experiência. Isso é conhecido como on-the-job learning.
Resumão!

A ideia é que os colaboradores possam aplicar no dia a dia aquilo que aprenderam, tanto de maneira formal quanto de modo informal, e conversar sobre o conhecimento adquirido — o que também vai ampliar e consolidar o aprendizado.

Como o método 70:20:10 funciona na prática?

Vejamos um exemplo:

Carlos vai entrar na sua empresa na semana que vem para assumir o cargo de supervisor de vendas, e você é responsável por planejar o programa de onboarding dele. Considerando que Carlos dispõe de 40 horas semanais de trabalho, você organiza a agenda dele seguindo o método 70:20:10. Desse modo:

  • 28 horas são dedicadas à rotina da empresa. Por exemplo: conhecer as atividades da empresa, os processos e os produtos.
  • 8 horas são dedicadas a aprendizados com outros profissionais, sejam eles líderes ou colegas de trabalho. Por exemplo: acompanhar um dia ao lado de um colega de trabalho, conversar com o líder sobre as ações que estão sendo desenvolvidas etc.
  • 4 horas são dedicadas a treinamentos e capacitações formais. Por exemplo: cursos on-line sobre processos internos, manual de conduta, entre outros.

É importante saber que esse modelo não é totalmente rígido. Assim, você deve adaptá-lo à realidade da sua empresa e às características específicas de cada função e dos colaboradores. 

Por exemplo: se, após dois anos, Carlos for promovido para um cargo de liderança, todos os conceitos e teorias que ele aprendeu, as referências que absorveu com os colegas e as experiências que conquistou com a prática de trabalho deverão ser atualizados para o seu desenvolvimento na nova função e isso pode acontecer através de uma Jornada de Aprendizagem composta por aprendizados formais, ações de interação e outras atividades no dia a dia do trabalho.

Benefícios do método 70:20:10 em T&D

1) Criatividade e inovação:

A capacidade criativa e inovadora é uma competência cada vez mais valorizada pelas organizações.

Com o 70:20:10, os colaboradores vão aprender mais sobre suas funções na prática — trabalhando e aprendendo. E isso é ótimo, pois, durante a rotina e trabalhando em equipe, eles podem ter ideias e soluções criativas e inovadoras, além de descobrir novas formas de realizar as tarefas.

2) Motivação e engajamento:

Nós já sabemos que o engajamento e a motivação são fatores importantes nas ações de T&D. Então, quando os colaboradores têm a oportunidade de aprender por meio de uma combinação entre conteúdo teórico, trocas entre colegas e tarefas do dia a dia, eles podem perceber os benefícios e resultados das ações propostas pela empresa. As tarefas se tornam mais simples e os profissionais se sentem mais preparados para superar os desafios do trabalho.

3) Produtividade e resultados:

Ao colocar em prática todo o aprendizado, o colaborador vai desempenhar suas atividades de maneira mais assertiva e, consequentemente, vai melhorar suas entregas e produtividade. 

Conclusão

As três abordagens do método 70:20:10 devem estar integradas: se aplicarmos cada uma delas de forma isolada, não teremos o mesmo resultado.

Se priorizarmos apenas a experiência e esquecermos o embasamento técnico e o aprendizado por meio do contato com outros, não teremos um profissional preparado e desenvolvido para sua função. Então, nada de utilizar o princípio de Pareto aqui em treinamento e desenvolvimento!

Lembre-se da análise dos cientistas de dados do GPTW: as pessoas valorizam trabalhos em que tenham oportunidades de desenvolvimento. E para você criar um ambiente que promova o desenvolvimento dos profissionais, é essencial adotar formas de treinamento eficientes, que levem em conta as três maneiras de aprender: através da educação formal, por meio da interação e na prática

Agora queremos saber como é aí onde você trabalha! Já usou o método 70:20:10? Quais metodologias de aprendizagem são aplicadas nas ações de educação corporativa da sua empresa?

Sobre o autor

Stephany Kaori Yoshida

Administradora de formação e designer instrucional por paixão. É pilateira, adora cafés especiais, ri alto e tem uma alegria contagiante.

O que achou? Comente aqui :)

Comentário enviado para moderação!

Erro ao enviar a mensagem, tente novamente!

Se você gostou deste, pode gostar também...

[Infográfico] Como as pessoas aprendem?
3 passos para começar a desenvolver pessoas na sua empresa amanhã
Como escolher a ferramenta de autoria ideal para construção de treinamentos online