@Destaques

Se você trabalha com treinamento e desenvolvimento, neste artigo você vai ler tudo que precisa saber sobre o que é jornada de aprendizagem para colaboradores.

Vamos passar pelos principais tópicos desde o planejamento até a prática de como construir para seu time. Vamos lá?

O que é jornada de aprendizagem

A jornada de aprendizagem na educação corporativa é um guia, em forma de linha do tempo, em que podemos reunir e organizar todas as ações importantes que serão executadas em um treinamento.

Montar uma jornada de aprendizagem é importante para a área de T&D e para os colaboradores que vão receber as ações de treinamentos porque APRENDIZAGEM NÃO ACONTECE NUM EVENTO ÚNICO.

Esse é praticamente um mantra que falamos aqui na Mobiliza basicamente porque ensinar algo a alguém e garantir que essa pessoa retenha aquela informação é um trabalho de intensidade e repetição.

E é por este motivo que a jornada de aprendizagem é uma ferramenta essencial, porque garante a intensidade e as repetições necessárias para sua empresa ter a segurança de que seus colaboradores aprenderam com aquele conteúdo.

Memória + esquecimento

Para construir a jornada de aprendizagem para seus colaboradores, é importante que você entenda como funciona a aprendizagem. Você já parou para pensar em como você ou as pessoas aprendem melhor?

Primeiro, cria-se a memória. Depois, torna-se a memória acessível, e, mais acessível. E ainda mais acessível. Até que acessá-la se torne automático!

O esquecimento é um processo que faz parte da nossa aprendizagem. Por isso, reforçamos que a aprendizagem não acontece em um evento único!

Agora você já sabe como memorizamos o que aprendemos, então que tal entender por que esquecemos? O psicólogo alemão Hermann Ebbinghaus (1850 — 1909) estudou o assunto e criou o que conhecemos como curva do esquecimento. 

Curva do esquecimento – Fonte: Adaptado de joshbersin.com

A curva do esquecimento ocorre porque, para o cérebro, não é preciso registrar informações que não são usadas. Então, para nosso cérebro guardar o conhecimento, precisamos de intensidade e recorrência. 

Ou seja, é necessário que o colaborador tenha contato com o conteúdo mais de uma vez para realmente absorver todo o aprendizado do treinamento. Por isso, quanto maior a recorrência, maior a retenção do conteúdo!

Quando criar uma jornada de aprendizagem

Agora que você já sabe como aprendemos e o que devemos fazer para não esquecer, deve estar se perguntando: Como montar e quando criar uma jornada de aprendizagem?

O primeiro passo para você criar a jornada de aprendizagem é planejar as suas ações de treinamento. Para isso, você precisa refletir sobre:

  • Qual é o seu público-alvo?
  • Por qual dispositivo seu treinamento será acessado?
  • Qual estratégia de conteúdo você vai utilizar?

Se você finalizou o planejamento, compreendeu a importância da recorrência e da intensidade e definiu todas as ações de treinamento, chegou o momento de criar a sua jornada de aprendizagem!

Como montar uma jornada de aprendizagem

A jornada de aprendizagem é uma linha do tempo. Então, você precisa mapear todas as ações que serão executadas pelo colaborador e pela área de T&D.

Quais ações devem ser executadas pela área de T&D que vai realizar o treinamento?

Por exemplo:

  • Convite para o treinamento: Como você vai convidar seus alunos para participar do treinamento?
  • Ações de engajamento: O que fazer para estimular os alunos a participarem do treinamento? Dica! Depoimentos/convites de líderes ou pessoas influentes na área podem ajudar.
  • Ações de reforço: Quais ações você fará para convidar aqueles que não iniciaram o treinamento?
  • Análise de resultados: Quantas pessoas participaram? Quais conteúdos elas mais acessaram? Quanto tempo ficaram em cada conteúdo?

Na linha do tempo da jornada este exemplo ficaria assim:

Exemplo da 1ª parte da Jornada de aprendizagem

Em seguida, quais ações devem ser executadas pelo(a) colaborador(a) que vai realizar o treinamento?

Possíveis ações:

  • Iniciar o treinamento: Verifique se há alunos que não iniciaram o treinamento e crie ações para aumentar o engajamento.
  • Finalizar o treinamento: Verifique se os alunos finalizaram o treinamento e crie ações de reforço para garantir o aprendizado do conteúdo. 
  • Participar dos reforços: Os colaboradores participaram dos reforços aplicados? Quantos? Analise todos os resultados.
  • Aplicação no dia a dia: Verifique se os alunos estão aplicando o que aprenderam. Melhorou o trabalho? Analise a necessidade de novos treinamentos.

Na linha do tempo da jornada este exemplo ficaria assim:

Exemplo da 2ª parte da Jornada de Aprendizagem

Lembre-se que este é apenas um modelo. Liste as ações e crie a jornada de acordo com as necessidades do seu treinamento. 

Dá uma olhada em como esse exemplo ficou se juntarmos as duas partes:

Exemplo de Jornada de Aprendizagem

Ao seguir todos esses passos, você terá a sua jornada de aprendizagem prontinha!

Utilize essa ferramenta como a linha guia da sua ação de treinamento, e garante a recorrência e a intensidade do treinamento para seus colaboradores.

Você que chegou ao final desse artigo, vai ganhar de brinde este template que preparamos para te auxiliar na montagem da sua jornada de aprendizagem. Você pode fazer o download gratuito clicando aqui.

Pra finalizar, conta pra gente nos comentários como foi montar a sua primeira Jornada de Aprendizagem 💜

Sobre o autor

Renata Sagaz

Sagitariana com ascendente em capricórnio apaixonada por séries, gatos e sushi, não necessariamente nessa ordem. Fascinada por novas experiências, é publicitária e trabalha no marketing da Mobiliza.

O que achou? Comente aqui :)

Comentário enviado para moderação!

Erro ao enviar a mensagem, tente novamente!

Se você gostou deste, pode gostar também...

Como mapear o público-alvo para aumentar o engajamento
Como construir uma trilha de aprendizagem para treinamentos empresariais
O LMS do Futuro