desenvolvimento de pessoas

Você provavelmente já percebeu que estamos vivendo em um ambiente onde os principais ativos da maioria dos negócios estão mudando de ativos tangíveis para ativos intangíveis. 

Quando estamos falando da diminuição da importância dos ativos tangíveis, isso significa que cada vez menos o valor das empresas se baseia na posse de máquinas, estoques e matérias primas, por exemplo. 

Enquanto isso, os ativos intangíveis como marcas, propriedade intelectual, posicionamento de mercado, estão se tornando as propriedades mais importantes de uma empresa. Essa nova realidade está mudando o papel que a educação corporativa ocupa nas empresas, e a sua plataforma LMS precisa acompanhar essas mudanças.  

É neste cenário que a expressão “Vivemos em um mundo VUCA (Volátil, incerto, complexo e ambíguo, em inglês)” fica cada vez mais relevante para explicar o contexto de trabalho atual. Considere a realidade de uma empresa automobilística que, no passado, tinha seu valor atrelado diretamente a capacidade de produção eficiente e escalável de veículos. As competências chave eram principalmente de cunho técnico: Engenharia, Logística, etc. Agora empresas assim buscam diferenciais em processos de inovação, atacando problemas como mobilidade urbana e softwares atrelados aos produtos. Isso está causando uma guinada completa das competências buscadas para construir essas empresas.

 

O que está sendo exigido das pessoas no novo mercado de trabalho

De acordo com o Fórum Econômico mundial essas são as 10 habilidades que foram mais procuradas pelas empresas em seus colaboradores, em 2015, e as que devem ser buscadas em 2020:

O Fórum Econômico Mundial lista as habilidades que são tendências do mercado de trabalho

TOP 10 HABILIDADES EM 2015

  1. Resolução de problemas complexos
  2. Coordenar-se com outras pessoas 
  3. Gestão de pessoas
  4. Pensamento crítico
  5. Negociação
  6. Controle de qualidade
  7. Ser voltado para o atendimento do cliente (Service-Oriented)
  8. Capacidade de julgamento e tomada de decisão
  9. Escuta ativa (Active Listening)
  10. Criatividade

TOP 10 HABILIDADES EM 2020 (previsão)

  1. Resolução de problemas complexos
  2. Pensamento crítico
  3. Criatividade
  4. Gestão de pessoas
  5. Coordenar-se com outras pessoas
  6. Inteligência emocional
  7. Capacidade de julgamento e tomada de decisão
  8. Ser voltado para o atendimento do cliente
  9. Negociação 
  10. Flexibilidade cognitiva

Olhando para essas competências você pode ver que 3fatores têm causado a maior mudança em como empresas encaram o processo de desenvolvimento de pessoas e estruturação de seus times. São esses fatores que a sua ferramenta de educação corporativa precisa atender para estar preparada para o futuro, e 2 dos 3 fatores estão ligados a soft skills.

Soft skills, novas protagonistas do desenvolvimento de pessoas 

Percebeu como as competências mapeadas no Fórum são predominantemente comportamentais? Essas competências dizem muito sobre a capacidade do profissional se adaptar a um cenário de mudança constante e com alta complexidade. Para profissionais como você, que atuam no desenvolvimento de pessoas, isso significa promover processos de mudança cultural e comportamental que exigem: 

1. Ação continuada: Mudanças comportamentais tomam tempo e exigem um acompanhamento mais próximo da gestão e das ferramentas. O que no mercado está sendo tratado como o conceito de lifelong learning, ou aprendizado ao longo da vida. Segundo esse conceito, o processo de aprendizado é algo contínuo que deve acontecer ao longo de toda a vida, e não ficar restrito aos modelos tradicionais de educação formal.    

Para as ferramentas de gestão é importante ter funcionalidades que permitam visualizar a formação como um processo ao longo do tempo e não como eventos isolados. Aqui na Mobiliza utilizamos o conceito de Jornada de Aprendizagem como forma de visualizar a mudança comportamental como algo contínuo e conectado a comunicação. 

2. Personalização: Entendimento maior sobre as características pessoais do colaborador e como desenvolver os aspectos que o impedem de entregar resultado no cenário atual, exigindo treinamento. 

Ferramentas de LMS, LXP (ou qualquer outra nomenclatura que seja usada) tem buscado utilizar Inteligência artificial no processo de recomendação e adaptação para o perfil de cada colaborador

Aqui na Mobiliza utilizamos Inteligência artificial na sugestão de conteúdos e consideramos que isso é só um primeiro passo. Personalização ainda é um tópico em que as tecnologias estão buscando se adaptar fazem alguns anos quando o tópico “Aprendizagem adaptativa” começou a aparecer, e ainda tem um longo caminho a percorrer. 

Uma das novas tendências do mercado de trabalho é a criação de novos cargos e funções

A área de educação corporativa precisa estar preparada para novas profissões

Tanto entre essas competências de soft skills apresentadas no Top 10, quanto entre as competências técnicas mais buscadas no mercado, nós podemos ver um quadro de alta escassez de mão de obra qualificada. Esse cenário tem aumentado drasticamente os custos envolvidos na atração, seleção e manutenção desses funcionários. 

Consultor e pesquisador sobre o assunto, Josh Bersin, tem acompanhado essa mudança e tem visto um dilema tradicional da administração: “Fazer ou comprar” que se traduz para o desenvolvimento de pessoas para: “Desenvolver ou Contratar“.   

Nesse cenário de aumento dos custos de contratação, Bersin observou uma tendência de desenvolvimento dessas competências dentro das empresas, com programas chamados de Reskilling. Essas ações são criadas para readequar as pessoas e suas competências para novos cenários e cargos. Nesse contexto vemos plataformas focando na autonomia do colaborador, dando flexibilidade para que ele monte a sua própria grade de estudos. A premissa aqui, que tem grande impacto sobre o papel da educação corporativa, é que se você tem um colaborador com certas soft skills, capacitá-lo nas demais é mais fácil. Por conta disso vemos alguns empreendedores trabalhando com a máxima: “Contrate por cultura e treine suas habilidades

Como a sua plataforma de gestão de aprendizagem pode ajudar

Em resumo, podemos ver 3 das principais tendências do mercado de desenvolvimento de pessoas que as funcionalidades da sua plataforma de gestão de aprendizagem precisam atender:

  1. Lifelong learning ou aprendizado continuado:
    1. Recursos que distribuam a experiência de aprendizagem ao longo do tempo, como a Jornada de Aprendizagem;
  2. Personalização;
    1. Uso de inteligência artificial e mecanismos de recomendação individualizada de conteúdos
  3. Reskilling:
    1. Autonomia e protagonismo com uso de grades de estudo livres
    2. Oportunidades de capacitação para outras áreas;

E aí, você já está sentindo o impacto dessas mudanças no desenvolvimento de pessoas? Acha que as ferramentas de gestão de aprendizagem que você utiliza, estão alinhadas com essas tendências? Se inscreva no nosso canal do Youtube para descobrir se as funcionalidades da Plataforma Mobiliza podem te ajudar.

Sobre o autor

Diogo Reus

Diretor de vendas e completamente apaixonado por construir empresas melhores! Inclusive a nossa.

O que achou? Comente aqui :)

Comentário enviado para moderação!

Erro ao enviar a mensagem, tente novamente!

Se você gostou deste, pode gostar também...

Conheça a Plataforma Mobiliza, nosso ambiente virtual de aprendizagem
Como a teoria das Inteligências Múltiplas pode ajudar a desenvolver pessoas
ROI em T&D: Como analisar resultados pode fazer a sua área crescer