Treinamento corporativo

Atualizado em 18/05/2021.

Planejamento é indispensável para uma construção, tanto civil quanto de treinamentos. Afinal, você construiria uma casa sem uma planta?

Provavelmente não, correto?

Por isso, para nos aprofundarmos mais em planejamento, escrevi o artigo de hoje sobre o Levantamento de Necessidades de Treinamento (LNT).

Na sua empresa, você aplica treinamentos sem antes realizar um LNT? Se a resposta for sim, é hora de se atentar às consequências que isso pode trazer para a sua organização.

No artigo de hoje, você vai entender como um LNT bem estruturado pode ser a chave do sucesso para suas ações de capacitação.

Vamos começar?

O que é LNT?

De forma prática, o Levantamento de Necessidades de Treinamento (LNT) é o processo feito para identificar quais são as dificuldades, as lacunas e as oportunidades de crescimento do time.

Nesse levantamento, as necessidades são identificadas, basicamente, analisando qual é a diferença entre aquilo que o colaborador deveria saber fazer e o que ele realmente faz no dia a dia. Assim, é possível diagnosticar quais são as carências de conhecimento ou habilidades no desempenho atual do colaborador.

Com o LNT, você consegue identificar essas brechas e traçar planos para melhorar a performance dos seus colaboradores na sua organização.

Quais as vantagens de utilizar a ferramenta de LNT?

Vamos voltar à metáfora, que citamos no início, sobre a construção de uma casa sem uma planta. Então, se você resolvesse construir uma casa sem antes ter planejado, o que poderia dar errado?

Por exemplo, você poderia ter problemas com a distribuição dos ambientes ou com a segurança da estrutura. Mas também não adianta fazer uma planta apenas para cumprir ordens regulamentadas e não utilizá-la. O mesmo raciocínio serve para o uso da ferramenta de LNT. Muitas organizações a aplicam apenas para cumprir o processo padrão de treinamento e desenvolvimento dos colaboradores, e não como uma ferramenta para gerar resultados de fato.

Então, ao invés de assumir que todos os funcionários precisam de um treinamento ou do mesmo treinamento, é sábio encarar o LNT como um recurso valioso para ser mais estratégico nas suas decisões dentro da empresa e explorar esse recurso ao máximo para ter resultados satisfatórios no futuro.

Para tanto, a organização precisa entender o retorno que esta ferramenta pode trazer e dedicar tempo para levantar as informações com seus colaboradores, evitando assim gastos desnecessários por conta de falta de levantamento e planejamento.

Como aplicar LNT na minha organização?

Para que ele seja bem-sucedido, é preciso entender o que pode ser resolvido com um treinamento, como competências e habilidades que o colaborador precisa desenvolver, e o que não tem solução com cursos de aperfeiçoamento, como problemas de desempenho por falta de condições propícias para trabalhar ou de motivação para realizá-lo, por exemplo.

A análise crítica deste levantamento é essencial!

Quando tudo estiver registrado, cabe ao responsável pela área de treinamentos a construção de um diagnóstico que, por meio de treinamentos, oportunize a melhoria da performance dos colaboradores e dos resultados da organização.

Primeiramente, algumas análises precisam ser feitas, para que sirvam como guia. Divida-as em 4 etapas:

  • Análise organizacional: quais são os aspectos conectados com a missão, a visão e os valores dos objetivos estratégicos que o treinamento deverá reparar?
  • Análise dos recursos humanos: qual é o perfil dos colaboradores e quais são as competências necessárias que eles devem desenvolver, para que contribuam para o alcance dos objetivos estratégicos da organização?
  • Análise da estrutura do cargo: a partir da descrição de cargos, quais são as competências que os colaboradores terão de desenvolver para desempenhar adequadamente os cargos?
  • Análise do treinamento: quais são os critérios que serão utilizados para a avaliação do programa de treinamento?

Quando as perguntas estiverem devidamente respondidas, vamos às ações que, combinadas, podem construir um LNT eficaz. Fica ao seu critério escolher as que melhor se encaixam na sua realidade. Ao selecionar quais ações serão utilizadas para a realização de um LNT, você deve respeitar dois quesitos: a cultura da organização e o público que irá ser treinado.

Ação #1 – Avaliação de desempenho

O objetivo dessa ação é auxiliar a organizar treinamentos específicos ou mais gerais. A avaliação de desempenho identifica se o colaborador está executando as tarefas em um nível satisfatório, de acordo com aquilo que foi inserido na descrição de cargos.

Vale destacar que a avaliação de desempenho não tem apenas foco na parte técnica, mas também auxilia em identificar lacunas em competências comportamentais.

Ação #2 – Questionários

Realizar pesquisas através de questionários em que os próprios colaboradores opinem ou sugiram assuntos em que acreditam precisar de treinamentos também é uma ótima opção. Não é a opção mais popular, mas gera uma base de insights rica para a área de T&D e RH.

Ação #3 – Entrevistas com supervisores e gerentes

As entrevistas com líderes servem para levantar os resultados ligados à produtividade da equipe, o cotidiano de trabalho, as dificuldades encontradas e tudo mais que puder vir a ser relevante. Afinal, são eles que estão acompanhando a operação e a gestão de toda a empresa. A partir dessas informações, você será capaz de pensar em treinamentos certeiros para cada equipe.

Ação #4 – Análise e observação

Estar inserido nos acontecimentos da empresa é uma das maneiras mais eficientes de perceber as necessidades de treinamento. Assim, você pode começar pelo mais básico, suas observações. Identifique sinais como alto absenteísmo, turnovers, resultados ineficientes, falta de motivação, insatisfações e conflitos.

O uso de dados é essencial nesse momento. Hoje com People Analytics, as análises relacionadas às pessoas se tornam cada vez mais estratégicas e assertivas.

Com isso, você não apenas saberá identificar as maiores lacunas, mas, encontrar as melhores soluções relacionadas a treinamentos.

Ação #5 – Avaliações para colaboradores

Realizar avaliações de conhecimento técnico vai mensurar o nível que seus colaboradores estão no conhecimento X, Y e Z. Desta forma você será capaz de identificar se ele está por dentro de tudo o que ele precisa entender a fundo para dar conta do dia-a-dia que a área precisa.

A partir dos resultados, você conseguirá avaliar a necessidade de treinamentos para reforçar habilidades ou conhecimentos “enferrujados” e até mesmo introduzir novas informações e tecnologias na equipe.

Ação #6 – Entrevista de saída

Os colaboradores que estão se desligando da organização também devem ser aproveitados para esse diagnóstico. Realizar uma entrevista focada no LNT nesse momento pode ser extremamente relevante para identificar muitas lacunas e deficiências da organização, além de perceber situações sobre as quais os colaboradores atuais se sentem intimidados para falar.

Conclusão

Unir as quatro análises, usando algumas dessas ações citadas acima, ajudará você a construir um LNT de forma estratégica e bem elaborada, com resultados extremamente notáveis em todos os setores da organização. Isso fará com que os colaboradores exerçam melhor as suas funções e, consequentemente, haverá um aumento de produtividade e performance na organização.

Mas lembre-se: todas as fases da criação do treinamento são importantes do treinamento são importantes e o LNT é a primeira delas. Dedique tempo em todas as etapas para entregar conhecimento e valor aos seus colaboradores. Uma empresa com funcionários mais preparados vai entregar um produto de maior qualidade.

No artigo de hoje, compreendemos melhor o que é o LNT dentro de uma empresa, aprendemos as vantagens que traz e como aplicar ele. Além disso, vimos seis sugestões de ações que vão te ajudar a levantar as necessidades de treinamento onde você trabalha.

E você? Encara a ferramenta de LNT como um recurso estratégico para a sua organização? Conte aqui nos comentários!

Sobre o autor

Andressa dos Santos

Graduanda em Recursos Humanos, é responsável pela área de Talentos na Mobiliza. Conhecida por seu humor inconfundível, ama ir para academia mas não larga a cerveja, o sushi e o sertanejo.

O que achou? Comente aqui :)

Comentário enviado para moderação!

Erro ao enviar a mensagem, tente novamente!

Se você gostou deste, pode gostar também...

Lançamento Applique OnePage Novidade no Applique: Lançamento do Applique OnePage
Como a teoria das Inteligências Múltiplas pode ajudar a desenvolver pessoas
4 formas de avaliar o engajamento em treinamentos
  • Alcione Meireles Mendes de Sousa disse:

    Muito bom .
    Poriso devemos aprofundar mais nunca imaginei q o cargo de recursos humanos teria tudo isso. e com isso
    aprende q si conhecermos bem a LNT conseguiremos formar estratégicas e executar um ótimo trabalho em função de todos , teríamos funcionários mas preparando e com a produtividade maior .

  • Diógenes Patrício da Silva disse:

    Parabéns pela comprovação, de modo simples, da importância que as empresas, de um modo geral necessitam em instruir e treinar seus colaboradores.
    Os treinamentos são ferramentas importantíssimas tanto para as empresas como para os trabalhadores, pois mantêm a qualidade, a produtividade e a segurança, dos diversos processos desenvolvidos na empresa.

  • Artur pereira de oliveira disse:

    achei gratificante o artigos está de parabéns estou no último período de tecnólogo em Recursos humanos gostei muitos foi um aprendizado pra mim!

  • […] ajuda mais mostrando outro problema do que fazendo treinamento”. Uma das funções de um bom levantamento de necessidades de treinamento, é te dar as informações que você precisa para poder argumentar com os […]

  • Andressa. Dos Santos disse:

    Andressa dos Santos, parabéns pela sua dedicação, eu estou fazendo Recursos humanos também, talves passamos nos ajudarmos. Sou Luís fraternidade Moçambique. Moro em Moçambique. Meu facebook é Luís Fraternidade Moçambique e meu Whatsapp: +258867338898. Me ajude por favor assim que puder entre em contacto comigo