Treinamento corporativo
Adhocracia: o que é e como funciona

Você já ouviu falar em Adhocracia? O termo Adhocracia foi criado por Alvin Tofler e adveio das forças-tarefas militares com intuito de auxiliá-los na tarefa de lidar com diversas situações de forma rápida. Na época, já se falava em uma sociedade dinâmica e mutável, com organizações que necessitariam de inovação, temporariedade, ergonomia e anti-burocracia. Pode-se dizer que a Adhocracia surgiu por conta da necessidade de reconhecer, compreender e resolver problemas complexos em ambientes mutáveis.

Apesar de ter sido criado por Tofler, o termo passou a ser conhecido através de Robert Waterman, no livro “Adhocracy – The Power to Change”. Ele é considerado uma alternativa à burocracia da empresa e tem como característica dar espaço para ações decisivas e mais intuitivas, diferente do que acontece no dia a dia empresarial, em que são levadas em consideração a autoridade dos profissionais e o conhecimento técnico.

O que é Adhocracia?

A Adhocracia é um modelo de gestão empresarial que visa simplificar os processos corporativos para proporcionar agilidade e flexibilidade dentro das organizações. Esse modelo é baseado em grupos multidisciplinares temporários e adaptativos, com diversidade de conhecimentos e habilidades. 

A principal finalidade desse modelo de gestão é identificar resultados institucionais rápidos e eficazes. A Adhocracia é considerada uma alternativa à burocracia da empresa e tem como característica dar espaço para ações decisivas e mais intuitivas, diferente do que acontece no dia a dia empresarial, em que são levadas em consideração a autoridade dos profissionais e o conhecimento técnico.

Uma empresa adhocrática é caracterizada por uma estrutura empresarial orgânica, com pouca formalização de processos e maior liberdade e flexibilidade no trabalho . A empresa foca na descentralização de papéis e na produção dinâmica.

LNT

Principais características de uma empresa adhocrática

Algumas das principais características de uma empresa adhocrática são:

  • Estrutura empresarial orgânica: A estrutura empresarial é menos rígida e mais flexível, permitindo que a empresa se adapte rapidamente às mudanças do mercado.
  • Pouca formalização de processos: A empresa possui pouca formalização de processos, o que permite maior liberdade e flexibilidade no trabalho.
  • Descentralização de papéis: A empresa foca na descentralização de papéis, permitindo que os funcionários tenham mais autonomia e responsabilidade.
  • Produção dinâmica: A produção é dinâmica e adaptativa, permitindo que a empresa se adapte rapidamente às mudanças do mercado.
  • Elevado grau de descentralização: A empresa não possui níveis de hierarquia bem definidos, possibilitando uma mentalidade de gestão participativa.
  • Indefinição de papéis: O que permite maior liberdade e flexibilidade no trabalho.
  • Comunicação formal: A comunicação formal é menos rígida, permitindo maior liberdade e flexibilidade na comunicação.

A Adhocracia é um modelo de gestão empresarial que visa simplificar os processos corporativos para proporcionar agilidade e flexibilidade dentro das organizações.  Para implantar esse modelo o primeiro ponto a ser avaliado é que esteja pertinente com a cultura da empresa, e por ser um modelo com liberdade de papéis é necessário que exista confiança nas relações e autonomia necessária para todos os colaboradores.