+ Destaque +
lma-do-futuro

Josh Bersin, famoso consultor de educação corporativa da Deloitte, escreveu em 2017 este controverso post sobre o futuro das plataformas LMSs. É um assunto polêmico, que nos provocou a ir além da tecnologia e pensar: o que efetivamente faz um colaborador se desenvolver e entregar resultado para a empresa?

Levamos essa pergunta para dezenas de profissionais de T&D no Brasil, e junto com teorias de neurociência de aprendizagem, conceitos de startup, montamos o T&D na Prática, um método para construir, gerir e operar uma área de treinamento. 

Apesar de bem aceito, o método ainda estava um pouco difícil de ser implementado por quem estava começando na carreira ou iniciando sua universidade corporativa. Ao perceber esse desafios, desenvolvemos a Plataforma Mobiliza com a visão de facilitar o lançamento de universidades coporativas e ainda eliminar boa parte do trabalho operacional do profissional de T&D.

Neste post, vamos apresentar 4 das principais funcionalidades que desenvolvemos na nossa plataforma LMS com o objetivo de reduzir a carga operacional do profissional de T&D para que ele consiga focar no que importa: ampliar o aprendizado dos colaboradores.

Publicação fácil de conteúdo e mínimo trabalho operacional

Produzir conteúdo sempre será um desafio em treinamento de empresas. Mesmo com um banco amplo de cursos de prateleira, sempre será necessário produzir conteúdos específicos da organização como treinamento de produtos, cultura, institucional, compliance, processos internos entre outros. 

Como o Diogo fala no vídeo, existe muito trabalho operacional que o profissional de T&D ainda precisa fazer de gestão de arquivos: como fazer download do pacote SCORM, fazer upload, armazenar versões e  atualizar pacotes. 

Muitas vezes, os analistas de T&D precisam deixar um conteúdo sendo publicado a noite toda – para de manhã perceber que o upload falhou, além de terem que lidar com conflitos técnicos entre os fornecedores de conteúdo e fornecedor de plataforma LMS.

No vídeo, o Diogo mostra como integrar a Plataforma Mobiliza com o Applique, nossa conhecida ferramenta de autoria, eliminou estes problemas operacionais. Como as duas tecnologias estão na nuvem, a transição de pacotes entre ferramenta e plataforma LMS ocorre de forma imediata – sem necessidade de qualquer trabalho operacional.

A integração facilita também na manutenção e atualização de conteúdo. Caso precise alterar algum treinamento, o profissional faz a alteração do conteúdo no Applique e pode aplicar automaticamente no curso publicado na plataforma, sem precisar passar pelo processo de republicação. Desta forma, o próximo aluno que acessar o conteúdo na plataforma já verá o material atualizado. Legal, né?

Inteligência artificial e interface moderna

Como a missão de T&D é dar apoio aos colaboradores para terem maior desempenho – essa se torna também nossa missão com a Plataforma Mobiliza. E um desafio é tornar mais fácil para o aluno de encontrar o treinamento que precisa fazer, e posteriormente saber quais são os próximos passos no seu desenvolvimento. 

Neste vídeo, o Diogo reforça como uma interface de limpa e moderna simplifica o colaborador chegar mais rápido ao conteúdo. Além disso, traz a visão de como o aspecto social impulsiona a troca de conhecimentos e fomenta o desenvolvimento do time. 

Logo na primeira tela da Plataforma Mobiliza existe um mural para troca constante de conhecimento entre os alunos dentro desta academia.

Além da troca, a plataforma recomenda por meio de inteligência artificial quais são os próximos treinamentos que o aluno pode fazer. Com o pacote de cursos por assinatura integrado com a plataforma, essa recomendação fica ainda mais rica.

Jornada de Aprendizagem e automação de comunicação

A Jornada de Aprendizagem é uma ferramenta criada no método T&D na Prática que ajuda a equipe de T&D a gerenciar comunicação e ações de treinamento em uma linha do tempo. É o equivalente à um gráfico de Gantt para gestão de projetos. 

Em sua criação, utilizamos de conceitos e de teorias e práticas em aprendizagem e neurociência. A primeira base foi a curva de esquecimento e retenção de Ebbinghaus. O cientista fez vários experimentos e o primeiro ponto que percebeu foi que acesso recorrente à um material ajuda a nossa memória fixar e reter a informação. 

curva-do-esquecimento

O segundo ponto das descobertas de Ebbinhaus é que deve haver um espaçamento de tempo entre os contatos com a informação para que ela se mantenha em nossa mente no médio-longo prazo. 

E por fim, apesar de parecer contra-produtivo, Ebbinhaus percebeu que o melhor momento para ter contato com o material novamente é quando estamos começando a esquecer a informação

Esses pontos embasou o desenho da nossa Jornada de Aprendizagem – que define que treinamento não acontece em um evento único, ou seja, além de publicar o conteúdo na plataforma, é necessário que aluno tenha contato recorrente com o material ao longo do tempo, de forma espaçada. 

E, no vídeo, Diogo mostra como a Plataforma Mobiliza resolve isso com software, com o objetivo de ir contra a curva de esquecimento por meio de automatizar toda a comunicação e distribuição de conteúdo, 

Avaliação de reação e certificado

Feedback é uma ferramenta fantástica para melhoria de processos, produtos, e de desenvolvimento pessoal. Dentro de uma ação de treinamento a avaliação de reação é um feedback rápido e direto do aluno em relação a ação de treinamento. 

Diogo fala no vídeo como utilizamos o conceito de NPS – que busca mapear quando uma pessoa promove e indica para outras pessoas um produto ou serviço. E aqui, queremos entender se temos um promotor das ações de treinamento dentro da empresa. Alguém que consumiu o conteúdo, gostou e fala para outras pessoas consumirem também. 

Na Plataforma, trazemos a avaliação de reação automaticamente após o término de cada objeto de aprendizagem, ou seja, após cada aula que o aluno terminar. A avaliação é composta por três perguntas:

  • Como foi sua experiência de aprendizagem?
    • Aqui queremos entender como é a experiência geral, conteúdo, plataforma, leitura.
  • Como você avalia a aplicabilidade do conteúdo oferecido pelo curso no seu dia a dia e carreira?
    • Aqui o objetivo é o quanto ele consegue utilizar esse conteúdo no seus desafios como profissional, e se a LNT foi desenvolvida atendendo uma demanda real do dia a dia deste colaborador.
  • Você indicaria este curso para um amigo?
    • Aqui queremos entender o quanto ele é promotor deste conteúdo dentro da empresa.

E por fim ele pode deixar uma mensagem aberta com suas opiniões.

E, ao final da Jornada de Aprendizagem ele tem acesso à certificação, que já é personalizada para a empresa, e já indica próximos conteúdos para continuar o aprendizado.

Conclusão

Tempo e foco é o recurso humano mais escasso, e no ambiente competitivo ele tem alta demanda. Aqui, demonstramos como estamos aprimorando nosso LMS moderno, a Plataforma Mobiliza,  com a visão de eliminar trabalho operacional do profissional de T&D.

Se quiser conhecer mais sobre a plataforma, peça um trial no botão abaixo e converse com nossos consultores. Eles vão te apresentar detalhes e como podemos te acompanhar no desafio de desenvolver pessoas!

 

Sobre o autor

João Romão

Defensor da quebra de paradigmas da educação de adultos e das construções sociais, para desenvolvimento pessoal e único. Além disso, faz uma ótima panqueca com Nutella, gosta de uma planilha e é CEO da Mobiliza.

O que achou? Comente aqui :)

Comentário enviado para moderação!

Erro ao enviar a mensagem, tente novamente!

Se você gostou deste, pode gostar também...

Conheça a Plataforma Mobiliza, nosso ambiente virtual de aprendizagem
Quando preciso de uma plataforma LMS?
Levantamento de Necessidades de Treinamento – O que é LNT e como aplicar na sua empresa?