@Destaques

Sabemos que quem atua com treinamento online se depara todos os dias com um universo de termos técnicos. São palavras e conceitos que são fundamentais para quem precisa entender a estrutura EaD e aplicá-la na prática.

Para facilitar o seu entendimento, criamos um glossário voltado para profissionais de T&D, com os principais termos utilizados. Aproveite para usá-lo tanto para aprendizado quanto para eventuais consultas.

A

Andragogia – Metodologia para criação de treinamentos e cursos com foco em adultos. Se baseia em pilares diferentes do que a educação infantil (pedagogia). 

Auto-instrucional – Curso estruturado para que o próprio conteúdo do treinamento ou curso dê os direcionamentos para que o aluno execute suas atividades.

C

Conteudista – Também conhecido como especialista. Pessoa que domina o assunto do treinamento ou curso, e será o autor do conteúdo bruto a ser utilizado como base para o desenvolvimento. 

D

Designer Instrucional (DI) e Designer Educacional (DE) – É o profissional que define o desenho do treinamento ou curso. Define a estratégia, abordagem, linguagem e definições conceituais para desenvolvimento do treinamento ou curso. Muitas vezes também é o roteirista do conteúdo. 

E

EaD (Educação a Distância) – Toda a forma de estudo que ocorre com aluno e professor em lugares diferentes. Pode ser síncrono ou assíncrono.

e-Learning – É uma das modalidades de Ensino a Distância que utiliza as tecnologias de internet como o principal meio para fornecer um conjunto de soluções, entre elas mídias digitais interativas, com os seguintes critérios fundamentais:

  • Transmissão em rede (atualização, armazenamento, recuperação, distribuição e compartilhamento instantâneo da instrução ou informação);
  • Acesso por computador ou dispositivo móvel por tecnologia padrão da internet;
  • Soluções de aprendizado que vão além dos paradigmas tradicionais de treinamento.

Resumindo, seria o uso de mídia eletrônica, tecnologia de informação e comunicação na educação. Envolvendo desde mídias como vídeo, animações, jogos e atividades, como o uso de comunidades sociais e plataformas de interação. 

F

Ferramenta de Autoria – Software que facilita a construção de treinamentos e-Learning, gerando rastreabilidade SCORM, e facilitando a inserção de animações, atividades, ilustrações e vídeos. Aqui na Mobiliza utilizamos o Applique.

G

Gamificação – Também conhecido como gamification, é uma estratégia de modelagem de conteúdo que inclui elementos de jogos (como pontuação e selos) para tornar o treinamento mais lúdico.

L

LMS (Learning Management System) – Também conhecido como AVA (Ambiente Virtual de Aprendizagem). Plataforma para gestão da aprendizagem. Possui diversas funcionalidades sendo as mais comuns a disponibilização dos treinamentos ou cursos para estudo, geração de relatórios para acompanhamento da aprendizagem, chat, fóruns, biblioteca… A mais conhecida é o Moodle por ser open source (código aberto). 

P

Personagem – Recurso utilizado para ajudar a guiar o aluno dentro do treinamento e-Learning. Saiba mais sobre a utilização de personagens para treinamentos.

Plano de Curso – Documento que formaliza os objetivos, estratégias, metodologias e todo o desenho instrucional ou educacional do treinamento ou curso.

R

Roteiro – É um documento de texto ou apresentação que descreve como será um treinamento ou curso, assim como contém todo o conteúdo do treinamento com a linguagem final que chegará ao aluno. Também pode ser chamado de storyboard (apesar de tecnicamente haver diferenças). 

S

SCORM – Padrão de comunicação entre conteúdo e plataforma LMS. É o que permite que a plataforma saiba o comportamento do aluno dentro do treinamento ou curso para gerar relatórios de aprendizagem (semelhante ao diário de classe de um professor em aula presencial). Ele se concretiza como um pacote no formato ZIP, que inclui todos os arquivos do seu treinamento. 

Storytelling – Tem como “significado literal” a capacidade de contar histórias relevantes. Esta técnica é conhecida por ser muito utilizada em publicidade, mas também é muito eficiente em treinamentos corporativos. Este método, quando utilizado no contexto da aprendizagem, traz uma taxa positiva de retenção do conteúdo. Isso porque as histórias ativam a imaginação e mexem com o lado emocional, aumentando a capacidade de interpretação do público do treinamento. 

U

Universidade Corporativa – Instituição dentro de uma corporação destinada a educar e treinar os colaboradores da empresa. São apresentados treinamentos, cursos técnicos, podendo até ter graduações e pós-graduações, voltadas totalmente para atender a estratégia e objetivos da organização.

Sobre o autor

Luana Przybylovicz

Designer gráfica e instrucional, com um pé na educação e outro na tecnologia. É curitibana, mas não gosta de frio, ama café com leite, papos sobre a vida e gente que aperta os olhos quando sorri.

O que achou? Comente aqui :)

Comentário enviado para moderação!

Erro ao enviar a mensagem, tente novamente!

Se você gostou deste, pode gostar também...

[Infográfico] Como as pessoas aprendem?
Guia para transformar treinamento presencial em online
Treinamento x Desenvolvimento: entenda a diferença de uma vez por todas