@Destaques

Seja treinamento de onboarding, de um novo produto para o time de vendas ou até NRs, treinamentos obrigatórios são um desafio para a área de treinamento e desenvolvimento de qualquer empresa. O motivo? Não é fácil garantir engajamento em temas que nem sempre são os mais atrativos para o público-alvo.

Prepare-se para mudar essa realidade! Vamos te dar três dicas para você começar a tornar esses treinamentos mais interessantes e, assim, garantir maior adesão dos seus colaboradores.

#1 – Seja objetivo nos Treinamentos Obrigatórios

Os colaboradores precisam entender, rapidamente, o motivo de embarcarem na jornada de conhecimento. Como aqui estamos falando especificamente sobre como engajar o aluno, vamos focar no objetivo de aprendizagem.

Objetivo de aprendizagem:

Defina claramente o que o colaborador deve aprender para desempenhar melhor a função. Coloque o objetivo de aprendizagem logo no início do treinamento, para que o colaborador tenha claro o que ele vai conquistar ali.

Na divulgação, fale sobre os benefícios do treinamento para o próprio colaborador, que diferem um pouco do objetivo de aprendizagem. Afinal, o colaborador pode compreender perfeitamente o propósito da empresa em disponibilizar o curso, mas ele precisa de motivação a partir do entendimento do que ele ganha junto com a empresa.

Vamos de exemplo?
Se o objetivo do treinamento é aprender como utilizar uma nova ferramenta de gerenciamento de projeto, envie um e-mail divulgando os benefícios que o colaborador terá em se capacitar nisso. Os benefícios podem ser: otimizar o tempo de trabalho, facilitar a comunicação interna, criar novas funções para maior controle dos projetos.

Conteúdo e tempo precisos:

Não dê voltas! O objetivo do treinamento deve amarrar todo o conteúdo. Questione cada frase que adicionar ao texto! Esse parágrafo complementa o anterior? O texto caminha rumo ao objetivo de aprendizagem? Dispense qualquer informação extra que não afete diretamente na solução do problema.

Essa estratégia também fará você rever o tempo do seu treinamento. O treinamento online tem um tempo ideal de 20 minutos. Você pode perder a atenção do público se aumentar essa duração. Tem vídeo no treinamento? Evite passar de dois minutos.

Se, para alcançar o objetivo de aprendizagem, seu treinamento precisa de mais de 30 minutos, opte por criar módulos com objetivos menores e fazer uma trilha de aprendizagem que atenda ao objetivo.

#2 – Tenha o apoio dos influenciadores da sua empresa

Quem são as pessoas da empresa que influenciam os colaboradores? A resposta pode estar na liderança e nos gestores, ou nos colaboradores que são referência técnica. Trazer uma pessoa para ser influenciadora do seu treinamento é uma ação ganha-ganha para a empresa e para o colaborador.

Essas pessoas devem ver valor no treinamento, pois são elas que vão espalhar a importância do curso, fortalecendo a cultura de aprendizado e incentivando os outros a buscarem desenvolvimento.

#3 – Contextualize

Quem é o seu público? É comum, aqui na Mobiliza, principalmente quando o treinamento customizado é direcionado para o pessoal da ponta, precisarmos ajudar o cliente a mapear melhor o seu público. O Levantamento de Necessidades de Treinamento vai ajudar você nisso. Quanto mais o treinando entender “Sim! É com você mesmo que estamos falando!”, mais ele sentirá pertencimento com o que está sendo apresentado.

Linguagem:

Escolha uma linguagem que faça sentido para o seu público alvo. Isso quer dizer: qual é a forma que seu público se comunica no dia a dia de trabalho? Ele é mais formal ou informal? Qual é a personalidade geral desse público? Mais extrovertido? Mais antenado nas últimas tendências de gírias das mídias sociais?

Vale até usar o humor na comunicação! Na Mobiliza, por exemplo, já elaboramos um treinamento obrigatório que utilizava memes para a área de engenharia de uma grande empresa de aviação. O resultado foi espetacular!

Preocupe-se com o visual do treinamento obrigatório:

Parece mero capricho, mas não é! A importância de conhecer o seu público e o vocabulário cultural dele ajudará no engajamento.

O visual do treinamento está relacionado à experiência do usuário. Os estímulos visuais são valiosos para o aluno manter o foco e o interesse, isso pode ser alcançado:

  • Pela escolha de cores.
  • Disposição do texto na mídia.
  • Fonte utilizada e tamanho dela.
  • Seleção de imagem.

Uma boa navegação, com a ajuda de ferramentas para o aluno ter clareza de quais cliques fazer ou onde concentrar sua atenção, vai instigar o colaborador a explorar o conteúdo.

teste-gratis-lms

Coloque o colaborador como protagonista

Atividades com tomada de decisão ajudam o colaborador a atender como ele vai aplicar o conhecimento que ele está processando. É sobre como colocar a teoria em prática a partir do contexto do aluno.

Como funciona?
Traga, no enunciado, uma situação que o aluno esteja familiarizado e faça ele refletir sobre qual seria a melhor atitude naquele cenário. Para isso, você precisa mapear onde, nas pequenas ações cotidianas de trabalho do colaborador, está havendo um equívoco de atitude. Essas atividades também são valiosas para que o aluno seja convidado a interagir quando ele pode já estar disperso.

Além disso, dê um feedback sobre a alternativa que ele escolheu na atividade, para além do certo e errado, também é muito importante para que o profissional reflita sobre a sua resposta. O feedback deve ser focado não só nos benefícios para a empresa, mas também para o colaborador.

Lembre-se: se você não valorizar o benefício do treinamento para o aluno, ele terá dificuldade em se motivar para o aprendizado. Neste link, você encontra um template com um guia de como criar atividades de tomada de decisão.

E aí, pronto para colocar todas as dicas em prática? Para saber mais sobre como aumentar o engajamentos em treinamentos obrigatórios, você também pode acessar o guia gratuito que criamos e está disponível para download aqui.

Sobre o autor

Karine Cupertino

Convicta de que a transformação do mundo se dá pela educação, através da ludicidade e experiência. Acha brecha de aprendizagem em tudo, desde filosofia alemã do século XX até embalagem de shampoo.

O que achou? Comente aqui :)

Comentário enviado para moderação!

Erro ao enviar a mensagem, tente novamente!

Se você gostou deste, pode gostar também...

Como tornar treinamentos obrigatórios mais atrativos
[Infográfico] Como as pessoas aprendem?
Os 6 programas de treinamentos mais encontrados nas empresas